quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Paulo Skaf fala ao Monte Aprazível Notícias

O candidato a Governador do Estado de São Paulo visitou São José do Rio Preto nesta quarta-feira (01) e falou com exclusividade para o Monte Aprazível Notícias. 

Questionamos o candidato em duas situações, sendo elas sobre os salários dos servidores públicos estaduais como professores e polícia militar e civil. Questionamos também sobre a falta de valorização nas ETECS da região. Monte Aprazível hoje conta com a ETEC Padre José Nunes Dias. 

Ouça a entrevista neste link: (Ouça aqui.)

terça-feira, 30 de setembro de 2014

Lelo denuncia suposto favorecimento de vereador

Carlos Carmello

O vereador Lelo Maset (PDT) denunciou no Ministério Público e na Câmara suspeita de que o seu colega, vereador Gilmar de Morais, o Gilmar da Funerária, tenha se beneficiado do auxílio funerário. O benefício é instituído por lei no município e concede, atualmente, um salário mínimo, R$ 724,00, para custeio funerário de famílias cadastradas no departamento de assistência social. “A minha honra está muito acima desses valores. Retirei os valores a pedido de familiares que, por falta de tempo ou outro motivo, pediram que eu mesmo recebesse diretamente da prefeitura o valor que deviam na funerária”, se defende Gilmar.

O vereador alegou ter pedido a microfilmagem dos cheques recebidos para provar que eles foram depositados na conta corrente da Fortaleza, empresa em trabalha. Através de requerimento, o vereador Lelo teve acesso à lista dos beneficiados e, segundo ele, constatou indício de irregularidade no pagamento do benefício.


Dos 52 benefícios concedidos de janeiro de 2013 a agosto deste ano, em pelo menos 5 deles, o dinheiro foi repassado diretamente, da boca do caixa, ao vereador Gilmar. “Eu achei muito estranho o procedimento e se for levado em consideração que tem duas funerárias na cidade, os 5 casos são muito significativos e precisam ser investigados”, O vereador ressalta não pretender ser leviano, mas é incisivo na acusação por considerar apropriação indébita.

“Pode ser apresentada uma série de justificativas, mas são muito fortes os indícios de irregularidade que afrontam a Lei Orgânica Municipal e o próprio mecanismo legal que institui o benefício e até falsidade ideológica”, acusa Lelo Segundo Lelo, Gilmar da Funerária, como agente político, está impedido de representar empresa com negócios o município.

“É inegável que o vereador representa a empresa que trabalha. Mesmo não sendo proprietário, ele a representa, e a Lei Orgânica é clara nesse sentido quando diz que é vedado ao vereador ser proprietário, controlar, dirigir, ou simplesmente ser remunerado por empresa que goze de favor em função de contrato com órgão público.

Essa é uma irregularidade tão grave que é passível de perda de mandato e caso o vereador venha a justificar que retirou o dinheiro referente ao auxílio funerário para pagamento de serviço da funerária ele reafirma a profundidade de seu envolvimento na empresa, não havendo alternativa à Câmara que não a destituição do mandato”, defende Lelo.

Para o vereador, não há justificativa para que o vereador retire pessoalmente o benefício em nome do familiar do falecido. “Sem qualquer procuração emitida pelo beneficiário do auxílio caracteriza apropriação indébita, independentemente do valor ter chegado às mãos da família. Se chegou ao beneficiado, estamos diante de uma irregularidade administrativa, se não chegou, e isso cabe à polícia e ao Ministério Público investigarem, aí estamos diante de um caso gravíssimo, de uma situação de ação criminal”, prevê Lelo.
Segundo Gilmar, não há qualquer impedimento em representar a empresa em que trabalha. 

“O vereador Lelo não conhece a Lei Orgânica ou a usa de má fé, para tumultuar. É pura perseguição política em virtude de nossas desavenças políticas. A Fortaleza não tem qualquer negócio com a prefeitura, ela presta serviço para as famílias que recebem o auxílio funerário.

A empresa não tem qualquer contrato com a prefeitura e, portanto nada impede meu exercício de vereador”, esclarece Gilmar. Gilmar admite não ter procuração para a retirada e não julgou que cometia irregularidade em retirar os valores em nome da família.

“Eu fui inocente nesse sentido e o funcionário da prefeitura não me alertou da necessidade de procuração, ele repassou o cheque normalmente.” Gilmar e Lelo são desafetos políticos desde a campanha eleitoral quando se acusaram na Justiça por compra de voto.
Gilmar foi absolvido da acusação e o processo de Lelo ainda está sem decisão final. 

Além dos cinco empenhos que constam Gilmar da Funerária como recebedor, o vereador Lelo constatou que em três outros casos não constam assinatura de quem os recebeu. Segundo o assessor municipal de assistência social, 

Márcio Martins, o valor do benefício é pago mediante cheque nominal ao representante da família e não é específico para o serviço funerário, podendo ser usado para qualquer fim.


Segundo Martins, a concessão do benefício é para a família em vulnerabilidade em que o luto interferiu na renda em decorrência das despesas com o funeral em si ou com gastos com a enfermidade e outras despesas decorrentes dele, o que justifica a emissão do cheque diretamente em nome da família.

domingo, 28 de setembro de 2014

Breves de Política - 29 de Setembro

Eleições 2014
Estamos a menos de uma semana das eleições e o Monte Aprazível Notícias estará trazendo todas as informações direto dos colégios eleitorais do município. E no final da tarde os resultados das eleições dos cargos de Presidente, Senador, Governador, Deputados Estaduais e Federais.

Favorecimento
Gilmar da Funerária (PSB) foi denunciado pelo vereador Lélo Maset (PTB). Lélo acusa Gilmar de favorecimento em auxílio funerária destinado às famílias. Gilmar nega as acusações e acusa Lélo de perseguição política. Leia agora (http://goo.gl/4Urxhn)
Apoio 1
Vereadores de Monte Aprazível começaram a pedir votos para seus candidatos a deputado tanto federal e estadual. Lélo Maset (PDT) fechou com a aprazivelense, Dulce Ceneviva (PSDB).
Apoio 2
Durante a última semana, o vereador Renato Jubilato (PTB), entregou em todas as residências da cidade um panfleto, pedindo votos para o Deputado Estadual Campos Machado. No folheto, Renato exibia obras e verbas conquistadas pelo deputado para Monte Aprazível.
Apoio 3
O Delegado de Tanabi, Zé Francisco (PCdoB), candidato à Deputado Estadual conta com o apoio em Monte Aprazível do Padre José Viana Arrais, do ex-prefeito Luis Carlos Canheo, do pintor Valdier Velho, do advogado e delegado de trânsito aposentado Luis Pedro Mantovani e do jovem engenheiro ambiental Yuri Viana.
Apoio 4
Gilberto dos Santos (PDT), vereador em Monte Aprazível está pedindo votos para três deputados, entre eles Major Olímpio, Guilherme Ribeiro e Analice Fernandes. Gilberto é outro servidor que deve ser transferido de local de trabalho.

Comício do Márcio Enfermeiro
Márcio Enfermeiro (PSL) transferiu para esta semana, quarta-feira (01), seu comício em prol de sua candidatura. Márcio decidiu adiar devido à chuva da semana passada. Será na Praça São João as 19:30h.

1 peso 2 medidas
O modo em que o radialista e vereador Edgard Vicente (PSC) trata as lambanças da atual administração em seu programa de rádio é totalmente diferente da que o mesmo tratava quando Wanderley Sant’Anna (PTB) era prefeito. Com Wanderley, Edgard mais que criticava. Ele malhava o ex-prefeito. Hoje na administração de Maurinho, o mesmo programa tenta ao mesmo tempo criticar e defender o indefensável.

Falta de respeito
É o nome dado pelo que o prefeito Maurinho Pascoalão vem fazendo com alguns de seus eleitores. Vários deles informaram ao Monte Aprazível Notícias que o prefeito não atende mais o público como fazia no início do seu mandato. Um deles chegou afirmar que ficou mais 3 horas esperando o prefeito e, sem sucesso, teve que voltar para casa.

Falta de ética
Uma tremenda falta de ética a Direção da Escola Feliciano Sales Cunha em permitir que fossem divulgados em rede social alguns professores entregando cestas básicas a moradores carentes de Monte Aprazível. O valor em ajudar o próximo até ai tudo bem. A falta de ética se deu porque dois professores que acompanharam a entrega pousaram para fotos com as famílias carentes, o que é humilhante para um ser humano. Como diz o ditado: “O que a mão direita dá, a esquerda não precisa saber”.

Moral barata
Maurinho Pascoalão quer R$ 5mil de indenização por danos morais contra o vereador Lélo Maset. O pedido de indenização se deve a um jornal em que Lélo mostravas as lambanças do prefeito Maurinho. O jornal que chegou a todas as residências abalou moralmente o prefeito Maurinho que quer apenas R$ 5mil, moral barata para um prefeito de uma cidade de 24mil habitantes.

Choveu no molhado
O prefeito Maurinho gosta de anunciar suas conquistas nas emissoras de rádio da cidade. No último dia 22, ele usou os microfones para anunciar a duplicação ou a terceira faixa na Rodovia Feliciano Sales Cunha, algo que em entrevista ao jornal Diário da Região, o governador e candidato Geraldo Alckimin (PSDB) já havia anunciado.

Perdeu a chance
Neste mesmo dia, o prefeito foi questionado se teria outras novidades. Disse que não. Perdeu a chance de falar aos vereadores da base e oposicionistas (a maioria) que multou a empresa que demorou mais de meses para entregar os uniformes dos alunos das escolas municipais. Na época, o prefeito foi muito criticado por deixar a empresa participar da licitação, pois,  no último ano de mandado de Wanderley Sant'Anna também entregou uniformes atrasados.

Publicado no dia 20 de setembro, o Decreto 64/2014 multa a empresa Ivani Pedro Sória EPP em R$ 66.215,80 e a impede de participar de licitações em Monte Aprazível pelos próximos dois anos. Vamos Aguardar.

Dá tempo
Conselho e canja de galinha não faz mau a ninguém. Se o prefeito não quiser fazer feio novamente, seria prudente abrir licitação ainda este ano para compra de uniformes escolares.

Todos os detalhes e os resultados das eleições 2014, você confere no domingo (05) e segunda-feira (06) aqui no Monte Aprazível Notícias.

A Propósito por Carlos Carmello

Camarão que dorme...
A demora com que o prefeito de Monte Aprazível, Mauro Pascoalão, toma decisões, acaba é claro, em conflito. A prefeitura é ré na Justiça do Trabalho em centenas de ações. Qualquer bom administrador, mesmo que inexperiente, abriria uma sindicância para apurar responsabilidades e aplicaria uma sindicância para apurar responsabilidades e aplicaria as sanções cabíveis. Como não o fez não tem ninguém a responsabilizar, mas o alcaide decidiu punir. Cedeu para o Fórum o servidor José Carlos Chiavelli, com 36 anos de exercício de função no Departamento de Pessoal.

A medida destrambelhada rendeu ao prefeito a acusação de perseguição política e, no âmbito administrativo, uma representação na Justiça por desvio de função. José Carlos foi enviado ao Fórum na função de escriturário, situação funcional que não é dele, podendo, portanto, solicitar na Justiça o retorno para seu local de origem.

Com outro funcionário, Diego Rossini, também emprestado para Justiça, foi outra lambança. No caso deste, assim que assumiu Mauro o retirou da função, no departamento de licitação. O alcaide agiu rápido e corretamente, já que estava desviado de função. Agora o isolou no Fórum, em função desviada como escriturário, dando ao servidor base legal para alegar perseguição política e retomar seu cargo de fiscal.


Funcionário de carreira (fiscal de posturas) e vereador, Gilberto dos Santos, por sinal, tio de Diego, aguarda o momento do prefeito “jogá-lo” em algum canto. 

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Maníaco das bezerras confessa abusos e caso é esclarecido

O caso do “Maníaco das Bezerras” foi esclarecido em Monte Aprazível, e o cidadão confessou os abusos à Polícia Civil no começo desta semana. Segundo um veterinário, os bezerros estavam morrendo porque eles estavam sendo estuprados por alguma pessoa, sempre no período noturno.

O dono dos bezerros instalou câmeras de segurança próximo ao curral onde mesmo encapuzado o indivíduo acabou sendo reconhecido por uma tatuagem. Na delegacia, o rapaz confessou que havia brigado com sua esposa e após beber bastante praticou o estupro. R.C.C de 28 anos, disse também que tomava remédios faixa preta.

O rapaz foi indiciado e poderá pegar até 1 ano de prisão, mais multa. R.C.C havia saído da prisão fazia alguns meses.

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

APLACANA promove o Dia de Campo

A APLACANA (Associação dos Plantadores de Cana da Região de Monte Aprazível) em parceria com a Kamaq e Belocal promoveu Dia de Campo com seus associados na última terça-feira (23). Na oportunidade, o Engenheiro Agronômo Ronaldo Cabrera mostrou novas técnicas de plantio profundo e manejo de cana-de-açúcar.

Na oportunidade, o agrônomo reforçou a importância do produtor buscar produtividade para melhorar o negócio. De acordo com Ronaldo, hoje, por exemplo, o produtor se contenta com uma produtividade média de 90 toneladas de cana por hectare, onde com boa técnica de plantio, uso correto de defensivos e a genética dos mudas, a produtividade pode chegar à 350 toneladas por hectare.

Biblioteca de Monte Aprazível recebe a escritora Carolina Munhóz

A Biblioteca Municipal de Monte Aprazível recebeu na tarde desta quarta-feira (24) a Viagem Literária, direcionado ao público infanto-juvenil de 13 a 16 anos.

Viagem Literária é um projeto realizado pela Secretaria de Estado da Cultura que busca estimular a leitura por meio da aproximação entre escritores e estudantes e dinamizar as bibliotecas públicas municipais.
Esse projeto é uma excelente oportunidade para ampliar e qualificar a programação cultural que é desenvolvida na biblioteca local.
A Biblioteca Pública em parceria com Assessoria de Cultura, Educação e Prefeitura, aonde com a aquisição dos livros de cada módulo vem enriquecendo o acervo e conquistando novos leitores.
A autora convidada foi Carolina Munhóz que é jornalista e romancista, além de integrante do Potterish, um dos maiores sites de Harry Potter do mundo. A autora foi eleita como melhor escritora jovem pelo Prêmio Jovem Brasileiro. Quando completou 18 anos de idade, viajou por treze países - entre eles, Inglaterra, França e EUA, onde teve a oportunidade de conhecer os atores de Harry Potter. Suas aventuras chamaram a atenção dos meios de comunicação. Foi matéria de capa de jornal Folha de São Paulo, sendo destacada como referência na literatura fantástica.
É escritora em tempo integral, viciada em redes sociais e podcaster no Rapadura-Cast.
Autora de livros best-sellers, como A fada, O Inverno das fadas e Feérica. Seu mais recente lançamento em parceria com a atriz Sophia Abrahão tem como título O Reino das Vozes que não se Calam.
No final, Carolina cedeu uma entrevista exclusiva a Monte Aprazível Noticias "O portal da cidade aprazivelense". ouça neste link: (http://goo.gl/BJsA34)

  

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Breves de Política - 22 de Setembro de 2014

Descontente 1
Edgard da Rádio (PSC) está descontente com o grupo que elegeu Maurinho Pascoalão (PSB) prefeito de Monte Aprazível. Motivo: já é dado como certo, o vereador Márcio Miguel (PP) como Presidente da Câmara para os dois últimos anos desta legislatura.

Descontente 2
Edgard quer sim ser o presidente da Câmara, e reclama que o prefeito Maurinho poderia ajudá-lo. Edgard acredita que o prefeito não quer dever favor a ninguém.

Perseguição Política
Diego Rossini, funcionário da prefeitura no setor de fiscalização recebeu o comunicado que será transferido para o Fórum do município. José Carlos Chiavelli, do Departamento Pessoal, também recebeu o mesmo comunicado. Resposta para isso... Perseguição Política. Diego entrou com mandado de segurança contra a prefeitura.

Diego, que também é presidente da AABAA, (Associação de Amigos dos Bairros Antigo Aeroporto) acredita que obterá êxito nesse mandato de segurança, porque além de desvio de função, o prefeito fere três princípios da administração pública: Legalidade, Impessoalidade e Moralidade.

Chumbo trocado
O prefeito Maurinho quer retirar do logotipo do Monte Aprazível Notícias o brasão do município. O que Mauro não sabe é que um novo logotipo esta sendo desenvolvido. O prefeito também foi denunciado pelo uso de seu logotipo pessoal “Construindo uma nova história”,. Se condenado, perderá os direitos políticos.
Eleições 2014
Marcio Enfermeiro, candidato à Deputado Federal por Monte Aprazível, realiza na próxima quinta-feira (25) um comício na Praça São joão, em prol de sua candidatura. O comício começa as 19:30h.

Só 4 anos
Mesmo sendo cogitado como vice de Maurinho ou Toninho Minucci (PT), Edgard acredita que Mauro não será candidato a cargo algum nas eleições de 2016.

Socorro!
Uma professora da CEMEI Lizette Buíssa recorreu ao Facebook. Ela pediu para outras CEMEIs do município papel “Crepon” de diversas cores. O material será usado na confecção de trabalhos sobre a primavera com seus alunos. Isso não deveria acontecer, pois a cidade tem o seu administrador entre os 100 melhores do Brasil. Um absurdo.

Assessoria de compras
Pedro Alexandre Souza assumiu o setor de compras da prefeitura de Monte Aprazível. Pedro,  filho de Fábio Marinho, que é contratado e não assessor da prefeitura para responder pela pasta de CPD e Tecnologia da Informação. Pedro atualmente estuda direito. A pasta era comandada por Calbi do Espírito Santos.

Apoio
Vergilio Dalla Pria Netto e Edinho Araújo, ambos do PMDB, visitaram Monte Aprazível na última quinta-feira (18). Edinho e Vergilio são apoiados pelo Eloy Gonçalves.

Gastando sapato
Danilo Calango (PV) está rodando por toda Monte Aprazível em busca de votos para um candidato a deputado. Ele esta afastado da Prefeitura. Se tomarmos como base os 280 votos que Danilo na última eleição para vereador, seu candidato, por mais desconhecido que seja, pode esperar boa votação.

Aprovação
Esta eleição será um termômetro para a próxima. Boa parte dos candidatos que participaram da anterior para prefeito e vereadores está trabalhando para algum candidato. A votação destes deputados servirá de base para a próxima campanha para prefeito e vereadores. A votação aliás será reflexo da aprovação ou não dos prefeito e vereadores eleitos em 2012.


Apoio
Helio Polotto e Luis Sidinani apoiam Rodrigo Garcia para Deputado Federal. Rodrigo esteve no último sábado (20) fazendo campanha pela Rua Brasil e visitando entidades.  Na foto, Luis Sidinani, Hélio Polotto, Prefeito Maurinho e o Deputado Rodrigo Garcia.

Apoio 2
O Gestor Social de Monte Aprazível, Marcio Martins, apoia a candidatura do Deputado Estadual Itamar Borges. Itamar que esteve na tarde desta segunda-feira (22) em Monte Aprazível, fazendo campanha pela Rua Brasil, conseguiu através do governo o Recape do Distrito de Balduíno. Na foto, Itamar também aparece com o Prefeito Maurinho Pascoalão.

PORQUE VOTAR NUM CANDIDATO DE SUA CIDADE PARA DEPUTADO? 

Vamos falar da Dulce Ceneviva. Primeiramente você conhece a candidata, sabem suas origens, a viu brincar pelas ruas quando era criança, ou brincou com ela. Deu aulas a ela na escola, ou estudou com ela.

Conhece sua família, seus valores, a noção de ética e moral com que foi criada. A viu nadar na represa, jogar vôlei, brigar na rua.... A viu crescer, namorar, casar. A viu estudar, se formar e se tornar uma profissional reconhecida no Estado de São Paulo. Defende a Educação, que é à base de toda cidadania, políticas sociais sérias, e o caminho para mudarmos este país. Em segundo lugar, tem a certeza de que ela vai voltar, vai estar por aqui, onde tem casa, vai lutar pela cidade, vai se unir aos políticos locais para conseguir melhorias nunca vistas nesta cidade.

Dá seu endereço a todo mundo, seu celular é público, conversa com todos pessoalmente no facebook (não usa assessoria, mesmo porque não tem verba para isso). Sendo do PSDB, teve brigas pessoais com o governador para defender a Educação de qualidade e os profissionais de Educação.

A ponto de perder grandes cargos. Em terceiro lugar, porque saberá onde encontrá-la depois que tudo isso acabar, depois que o dia 5 passar. Sua família mora aqui, seus amigos e os amigos de seus filhos moram aqui. Saberá onde achá-la para conversar, discutir, conseguir coisas para a comunidade. Para o geral, porque segundo ela mesma, se for para trocar favores para votar nela: vote em outro! Pois ela não aceita pagar voto. Pense bem, a cidade precisa de projeção para ter o desenvolvimento que merece. Precisa ser bem representada, precisa ter alguém bom lutando por ela. Essa é só minha opinião, e como estamos numa democracia, você pode ter a sua livremente, mantendo o respeito, todos podemos nos pronunciar. Um abraço.  

Enviada por um leitor.

domingo, 21 de setembro de 2014

Pit bull é resgatado depois de ser arrastado na rodovia

Da redação - Diário WEB
  
Thor, como foi batizado pelo seu novo dono, ficou com escoriações em várias partes do corpo Um cão da raça pit bull foi arrastado pela rodovia Feliciano Sales Cunha, que fica entre Monte Aprazível e Poloni. Apesar de ter sofrido graves ferimentos, o Thor, novo nome dado a ele, passa bem e não corre risco de morte. Os novos donos estão precisando de ajuda financeiras para arcar com os remédio e tratamentos. Edson José Ramos Zanos, 26, foi quem viu o cachorro pendurado sendo arrastado e socorreu. “Eu estava indo trabalhar em Magda quando uma caminhonete prata me ultrapassou. Eu olhei para o lado e vi o pit bull pendurado, não sei se por uma coleira ou corda”, disse ele, que não consefguiu identificar o condutor do veículo. 

Zanos acrescenta: “Levei um susto e comecei a buzinar e fazer sinal de luz para o motorista da caminhonete parar. O fio que prendia o Thor estourou e ele rolou pela pista. Joguei o carro no acostamento para não atropelar e corri para resgatar. Ele estava todo ensanguentado. As patas estavam todas desgastadas, dava para ver os ossos. Coloquei no carro e fui trabalhar em uma fazenda. Pedi ajuda no posto de veterinária e, lá mesmo, ele já tomou uma injeção para dor”. 

Quando Edson chegou em Rio Preto, peregrinou em várias instituições pedindo ajuda. Só conseguiu socorro no hospital veterinário da universidade Unirp. “Ficou em R$ 800. Eu não tinha. Fiz apelo para meus amigos, juntamos o dinheiro e ele foi tratado. Os veterinários fizeram a limpeza e medicação. Logo o Caic, um amigo meu, se manifestou dizendo que assumiria o pit bull e todos os cuidados”, contou. 

O estudante Caic Vinícius, 20 anos, deu o nome de Thor para o novo companheiro dele. “Eu gosto demais de cachorro. Quis ele na hora”, contou. O hospital veterinário da universidade Unirp, afirmou que Thor recebeu os primeiros socorros e curativos no local e foi medicado. Não houve a necessidade de fazer cirurgia. Apesar dos ferimentos exigirem cuidados por pelo menos 90 dias, ele deve se recuperar bem por ser um cachorro forte. Quem se interessar em ajudar pode falar com Danilo pelo telefone (17) 99105-7836. 

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Jovem de 21 anos morre em acidente

Núcleo Multimídia - Diário Web - Diário da Região


O jovem Thiago Fornazari Rueda, de 21 anos, morreu na tarde de quarta-feira, 17, por volta das 14h30, na rodovia Feliciano Sales Cunha, próximo ao quilômetro 492. 

Segundo a Polícia Rodoviária Estadual, Rueda dirigia um Fiat/Fiorino branco quando invadiu a pista contrária e bateu em um caminhão, que era conduzido por M.V.N., de 29 anos. 


Rueda morreu na hora, já o motorista do caminhão sofreu ferimentos leves. A polícia vai investigar as causas do acidente.

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

"O Bebado da Praça é Nossa"

Monte Aprazível receberá dia 08 de novembro deste ano, o espetáculo "O Bebado da Praça é Nossa". A comédia poderá ser assistida no Centro Cultural de Monte Aprazível, onde também serão vendidos os ingressos antecipados a R$ 20,00. Em breve mais informações.

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Polícia indicia professor por abuso de 4 alunas

Victor Augusto / Diário Web

O professor de natação de Monte Aprazível acusado de abusar de quatro meninas com idades entre 9 e 14 anos durante as aulas foi indiciado pela delegada da Delegacia de Defesa da Mulher pelo crime de estupro de vulnerável. Na última quarta-feira o homem de 69 anos prestou depoimento na delegacia da cidade e negou o crime. 

O inquérito foi aberto depois que uma das crianças, contou para a mãe o que o professor estaria fazendo com ela durante as aulas de natação. “Eu estava dando banho na minha filha e ela me disse que o professor passou a mão nas partes íntimas; que ele ficava se esfregando nela e em mais duas colegas”, afirmou a mãe.

Diante das informações prestadas pela filha, a mãe foi à delegacia e registrou um boletim de ocorrência. O delegado Luciano de Siqueira Bracci registrou o caso no dia 31 de julho, como estupro de vulnerável. O caso foi distribuído à Delegacia de Defesa da Mulher de Monte Aprazível e a delegada Luciana de Almeida Carmo Mancini assumiu as investigações. “Já encaminhei o inquérito para o fórum. Apesar dele ter negado, as provas são bastante contundentes”, diz a delegada. 

Acidente entre Eng. Balduíno e Tanabi deixam duas pessoas feridas

Um acidente vitimou duas pessoas na noite desta segunda-feira (15) na rodovia Deputado Bady Bassitt entre Engenheiro Balduino e Tanabi. O Corpo de Bombeiros de Tanabi através do Sargento Oliveira, foi acionado para retirar as vítimas das ferragens e prestar os primeiros atendimentos. 

As vítimas foram atendidas no local e socorridas para Santa Casa de Tanabi pelo SAMU.

Colaborou Renan Contrera pela matéria e um leitor pelas fotos.




sexta-feira, 12 de setembro de 2014

A insegurança que vive Monte Aprazível

Assim escreveu um morador aprazivelense em seu facebook: “Venho falar, novamente, sobre as belas histórias da minha cidade, Monte Aprazível”. Eu, chegando de Rio Preto, por volta das 23h14, recebo a seguinte mensagem: - Quase fui abusada.

Entrei em pânico, e na mesma hora perguntei como, onde e quem? Mas infelizmente, a vítima do ocorrido não conseguiu me explicar, mas consegui que me falassem tudo pois a informação já havia sido passada em um grupo de amigos.

Enfim, sobre o ocorrido. Renata saiu do trabalho, não sei exatamente a hora, e como de costume, foi pra casa a pé acompanhada de uma amiga e companheira de trabalho. No caminho, próximo ao Hospital Santa Casa, existe um lote, com muros, e de lá sai um sujeito de calças arriadas dizendo palavras em baixo tom de voz, e não contente ameaçou correr atrás delas.

Mais do que depressa, elas correram (como qualquer um faria), mas houve o incidente de um tombo, e o que aconteceu? Ela se machucou, pode ser um simples ferimento, mas é grave sim.

Ao entrar em contato com autoridades, ela simplesmente foi acusada de trote, e nada foi feito.

Ok, vamos combinar que isso é abuso SIM, pode não ter tido contato físico, mas teve abuso sexual verbal, perseguição e também tentativa de estupro (por que esse drama todo? Porque é isso que acontece sim).

Às garotas que vão pra casa a pé, sozinhas, cuidado, procurem caminhos alternativos e evitem locais com pouca movimentação. Encerrou.

Agora fica aqui um alerta pelo Monte Aprazível Notícias, aos donos daquele terreno ao lado do Hospital de Monte Aprazível, que fechem ele ou tome alguma providência antes que mais alguém saia machucado. Não é uma crítica, é um alerta.

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Alunos da Escola Feliciano estão participando da 4ª Olimpíada de Língua Portuguesa

Fonte: Prefeitura

A direção a Escola Feliciano Sales Cunhas, já recebeu o comunicado que 3 textos de seus alunos foram selecionados para participarem da etapa estadual da 4ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa “Escrevendo o Futuro”.


As seleções serão feitas entre os dias 25 de setembro à 10 de outubro pela comissão julgadora da Olimpíada.




quarta-feira, 10 de setembro de 2014

O IDEB

O Ideb foi criado pelo Inep em 2007, em uma escala de zero a dez. Sintetiza dois conceitos igualmente importantes para a qualidade da educação: aprovação e média de desempenho dos estudantes em língua portuguesa e matemática. O indicador é calculado a partir dos dados sobre aprovação escolar, obtidos no Censo Escolar, e médias de desempenho nas avaliações do Inep, o Saeb e a Prova Brasil.
           O índice do IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) foi divulgado e não nos causou surpresa.

          Como todos sabem, o IDEB é uma das avaliações externas usadas para avaliar o nível de aprendizagem dos alunos do Ensino Fundamental e Médio.

          Esta avaliação é realizada de dois em dois anos; portanto, no caso em questão, avalia o final de uma gestão e início de outra, período de transição de governos municipais:Ano de 2012 e parte do ano de 2013.

          Além desta avaliação, que é de cunho nacional, temos o SARESP (Sistema de Avaliação do Estado de São Paulo).

          Desde o momento em que assumi a pasta da Educação, em 02 de Dezembro de 2013, eu sabia que teria vários desafios. Um deles creio ser o mais importante: que era responder a uma pergunta que não era mais possível calar: Porque o município apresentava um índice muito acima da média nacional se existiam tantos alunos que não tinham posse dos conteúdos mínimos exigidos? Alunos que terminavam o 3º Ano do Ensino Fundamental não conseguiam ler e escrever. Alunos passavam do 5º para o 6º Ano com poucas noções dos conteúdos e muitos não sabiam ler e escrever, obrigando a escola de destino a fazer contratação de Professores Alfabetizadores.

          Bem claro que para nós não importa de quem foi a culpa: Se da Progressão Continuada, que causa no aluno e no professor, um sentimento de acomodação ou se os dados eram manipulados, mascarados pelas autoridades escolares anteriores.

          Através de depoimentos de professores descobrimos que ao aplicar as avaliações, os alunos eram separados. Só faziam as provas os alunos que eram capazes de acompanhar e que no momento se encontravam alfabetizados, Os demais eram encaminhados para a sala de informática, aula de educação física ou para outras atividades. Haja visto que havia um número de alunos matriculados, mas somente uma porcentagem deles fazia a avaliação. Esta é uma forma de tirar o direito do aluno, além de ser uma maneira excludente de olhar a avaliação. Relegamos a criança ao fracasso com antecedência sem dar a ela a oportunidade de interagir com seus pares.

          Diante de tal situação, era necessária uma triagem para descobrir o diagnóstico de cada aluno e suas necessidades de aprendizagem. Ao final do ano de 2013, muitos alunos de 3º Ano, permaneceram no mesmo ano, pois não sabiam ler e escrever. O mesmo ocorria nos Distritos, onde alunos do 3º, 4º e 5ºs Anos se encontravam na mesma situação.

          Traçamos uma linha de trabalho juntamente com os gestores das escolas. E estes alunos passaram a ter prioridade nas escolas. Para eles foi destinado o professor que melhor alfabetiza e o número de alunos foi bastante reduzido. Nossa meta para o final de 2014: Que todos estejam lendo e escrevendo.

          Como acordo comum: Todos os alunos, sem exceção alguma faria a avaliação, pois só assim teríamos o índice correto e através dos resultados obtidos, traçar metas e estratégias para que ele, o aluno, consiga atingir seus objetivos.

           Procurar culpados? Não, mas buscar soluções para os problemas. E como dizem os estudiosos: Saber encarar com serenidade e clareza os desafios educacionais! Cabe a nós gestores professores e pais, a responsabilidade e compromisso com nossos alunos e filhos.

          Não nos sentimos no vermelho como disseram, estamos tranquilos, pois através dos verdadeiros resultados podemos ajudar nossos alunos sem mascarar, sem manipular dados, pois juntos trabalharemos para que a nossa educação seja sempre com mais qualidade.




Monte Aprazível, 10 de Setembro de 2014.

Cacilda Castro

Assessora de Educação